quarta-feira, 23 de setembro de 2009

22 de setembro de novo e Colher de Pau!

Um Deus-brinde ao nosso segundo 22 de setembro

Na noite de 22 de setembro de 2008 juntaram-se 4 mulheres com sede de conhecimento, pra degustar umas 14 cervejinhas. Na verdade, éramos 6, mas 2 não puderam ir naquele dia.

Daquela noite em diante, a nossa caixa de emails nunca mais foi a mesma. Não deixamos de nos falar nem um dia, e, o principal, bebemos muita coisa boa e aprendemos mais um pouquinho sobre nossa bebida preferida.

Pra comemorar nosso primeiríssimo ano, fizemos uma festa no dia 12. Mas, no dia 22 mesmo, não poderíamos deixar de nos reunir novamente e brindar.

A Flavinha resolveu nos presentear com um brinde de Deus. E escolhemos o tradiça Colher de Pau, em Ipanema, para ser palco dessa degustação.

Novo bar de cervejas especiais do RJ



A escolha se deu porque o bar em questão era tradicionalmente uma doceria, e agora inovou completamente e se tornou também um bar de cervas especiais, com um cardápio com mais de 60 rótulos, copos corretos, graçons treinados... uma beleza!

Deus esteja convosco. Ela está no meio de nós!




Lucio servindo a Flavinha, que nos ofereceu o regalo


A Flavinha ama. Duda e Lu estavam meio decepcionadas. Eu e Talita não tínhamos ainda provado. No caminho, conversamos que esperávamos um prosecco. Mas qual não foi a surpresa ao descobrir que se tratava da mais pura cerveja.
Que delícia! Que complexidade é aquela? Uma legítima representante do estilo belga. Aroma: muuuiiito cravo, especiarias, malte, noz moscada, um certo cardamomo bem volátil. Eu senti alecrim. Flávia achou que era puxado pra sálvia. No sabor, adocicado, com levíssimo azedinho, puxando pra maçã verde. Uau!!!!! Duda e Lu melhoraram suas avaliações.
De saideira, Estrella Damm Inedit.

Coentríssima


Agradecemos ao Colher de Pau pela ótima acolhida e pelo presentinho no final da conta
Catamos as garrafas (cervejeiro que se preza tem que sair de bar levando garrafa, pra envasar sua cervinha) e saímos correndo, ou melhor, de táxi, porque a Terça-sim, no Aconchego, nos esperava.

Chegando lá, Unibroue 16!



Targino : "eu queria ser mulher só pra ser FemAle".








Alguns dos brindes da noite





Ótima surpresa foi a Wäls quadruppel, presente do Giovanni Calmon. Super mel, cachaça, e outras coisas que não lembro mais, porque já fiz 30, já passava das 23h e eu já tinha bebido pouco, fora as várias caseiras levadas pelo Botto, Maurinho, Lucio e Daniel. Aliás, estes 2 fazem a Lúcida, cerveja feita com propagação do fermento da Orval. O azedo dela é tão gostoso. Não conseguia largar minha pet de Lúcida. É uma das minhas caseiras preferidas.

"gueral" brindando no Aconcha. A pet na minha mão é a Lúcida!






O Maurinho é o personagem das fotos FemAle Carioca. Aqui está buscando um último, mísero golinho de Deus. No fundo, Ricardo e Lucio observam a delicadeza da "sena" (pra quem não sabe, eu fui alfabetizada em inglês).



Como o Aconchego fechou e passou o rodo em todos nós, ficamos lá na porta bebendo o restante dos cornélius. Quando a cerveja acabou, não nos demos por vencidos e partimos pro podrão mais próximo. Lá, brindamos a grande noite com cerveja comercial e comemos hot-dog e egg-cheese-bacon até às 2h. Pra uma terça, até que não foi caído não!



Sentados no batente da igreja, esperando o podrão chegar





Todo mundo feliz, às 2h da manhã, saindo do podrão!





Feliz aniversário, FemAle Carioca!
Se as comemorações de 1 ano foram assim, temo pelo que nos aguarda quando setembro novamente chegar!

4 comentários:

Botto disse...

Putz, é muito ruim envelhecer, afinal ficar só até as 2 da madruga não é motivo de ninguém se orgulhar, hehehe, ainda mais numa terça. Em outros tempos ficaríamos até as 6, hehehe.
Um brinde,
Botto

Mauricio (BREJAS) disse...

Lindo!!!!
Começar com DeuS e terminar no podrão... ESSE É O ESPÍRITO!!! E danem-se os esnobes!
Parabéns, meninas! Vocês são demais!

Paulo disse...

Porque não nasci mulher no Rio de Janeiro viu rsrsrs

Parabéns meninas e meninos que sempre participam da festa.

Beijos

Feijão

FemAle Luciane disse...

Botto:
Você tem TODA razão!!!

Maurício:
Perfeito! é isso mesmo, é a nossa cara começar com a DeuS e terminar no podrão, todas adoramos!!! rs

Feijão
... sem comentários, rs
Obrigada pelos Parabéns e venha logo pra bebemorarmos muito!

beijos