terça-feira, 10 de março de 2009

"Rosas" - Duda Bier


No último sábado, na Confraria do Marquês em Teresópolis, foi produzida a minha primeira cerveja. A “Rosas” da “Duda Bier”. Uma Red Ale com pétalas de rosas vermelhas e 6% de álcool. Após 3 meses de promessa, comprei os ingredientes e parti pro refinamento da receita, que já tinha sido elaborada desde dezembro. Pra garantir o sucesso da receita, contei com a ajuda do experiente Ricardo Rosa, que acompanhou todo o processo, com esclarecimentos e sugestões.

Maltes

Receita


Iniciamos o processo moendo os maltes Pilsen, Munich Type I, Caramunich Type I que foram selecionados para a produção da “Rosas”. Ao mesmo tempo aquecemos a água a temperatura de 70 graus.

Colocamos os maltes moídos na água para início da Brassagem, que é o cozimento do malte. A brassagem durou 80 minutos na temperatura de 68C a 65C. As pétalas da primeira rosa foram colocadas no final da brassagem.


Após a Brassagem iniciamos o processo de filtragem. Retiramos uma quantidade do líquido e recolocamos na panela com a intenção de fazer uma lavagem no mosto. Ao recolocar o líquido na panela é importante suavizar a queda do líquido para que não misture o mosto que está repousado na panela. Este processo se repete até que se alcance uma transparência no líquido.

Para iniciar a fervura, retiramos somente o líquido passando para outra panela. A fervura da “Rosas” durou 90 minutos. Durante esta fervura foram colocadas as pétalas de mais duas rosas e o lúpulo.




Com o final da fervura iniciamos o resfriamento. É colocado um chiller dentro da panela por onde passa uma água gelada. Quando o líquido chega a temperatura ambiente é passado para o galão, onde vai fermentar.



Chiller

Galão

Com a “Rosas” nos galões, acrescentamos o fermento e colocamos para fermentar à uma temperatura de 20C. Esta etapa deve durar 2 semanas. Ao final a “Rosas” será carbonatada nas garrafas por mais 2 semanas.


Fermentação
O processo de produção da “Rosas” durou aproximadamente 8 horas. Iniciamos as 15:30hs e finalizamos as 23:30hs. Lavar as panelas, limpar o local, jogar o resto do mosto fora também fizeram parte do processo. Cansativo mas gratificante. Agora é só esperar o resultado.
Prontos pra degustar a “Rosas”?

2 comentários:

FemAle Talita disse...

Sim!!! Estou pronta pra degustá-la! Parabéns.
beijos

FemAle Tatiana disse...

Estou muito orgulhosa, Duda! Parabéns mil vezes!
Não vejo a hora de provar essa delícia.
As fotos ficaram qualquer coisa de lindas.
beijos